Para que a vida em sociedade seja tranquila e harmoniosa em um condomínio, todos os moradores devem fazer sua parte, respeitando seu espaço e o do vizinho.

Por isso é importante seguir algumas  dicas e regras para que a convivência com nossos animais de estimação, que atualmente já fazem parte das nossas famílias , seja agradável e traga apenas momentos de alegria e satisfação para os moradores da unidade e do condomínio, evitando assim atritos e situações constrangedoras.

Aqui na Palazzo estamos abraçando essa causa, por isso desejamos ajudar a proporcionar bons momentos com seus bichinhos de estimação, especialmente com os cães.

Sabemos que existem pontos muito importantes nessa relação, um exemplo é o próprio passear com o pet. Além de ser uma excelente oportunidade de conhecer as redondezas, ele vai adorar ver pessoas novas e amiguinhos diferentes. E tem mais, nessa ocasião ele gastará aquela energia com a caminhada, o que além de ser fundamental para saúde do seu pet, deixará ele muito mais tranquilo também.

blank

E para que a caminhada com o seu melhor amigo fique ainda melhor, estamos lançando a Petbag, que faz parte da campanha *PETlovers PALAZZO. Com a petbag o passeio com seu amiguinho fica muito mais agradável e as ruas e calçadas do seu condomínio mais limpas. Dedique atenção ao que realmente importa: Curtir o passeio com o seu pet, sem surpresas.

*Fique ligado, em breve publicaremos dicas relacionadas ao mundo PET e conteúdos super exclusivos.

PALAZZO, faz parte da sua vida.

Olá pessoal

Quero conversar com vocês sobre a nova lei 14.010 que foi promulgada nesta quarta feira, dia 10/06/20. Esta lei dispõe sobre o regime jurídico das relações jurídicas de direito privado no período de pandemia do coronavírus.

A parte que interessa diretamente aos condomínios é a questão da realização das assembleias de condomínio. Tem sido uma preocupação nossa a gestão destas reuniões, tendo em vista que conforme determina o decreto municipal de Caxias do Sul número 20.820/20, em seu art. 12, I, não é possível e realização de reuniões com aglomerações.

Vamos ver o que diz a nova lei em relação aos condomínios:

Art. 12 A assembleia condominial, inclusive para fins dos art. 1349 e 1350 do Código Civil e a respectiva votação poderão ocorrer, em caráter emergencial, até 30 de outubro de 2020, por meios virtuais, caso em que a manifestação de vontade de cada condômino será equiparada para todos os efeitos jurídicos, à sua assinatura presencial.

Parágrafo Único. Não sendo possível a realização de assembleia condominial na forma prevista no caput, os mandatos de síndico vencidos a partir de 20 de março de 2020 ficam prorrogados até 30 de outubro de 2020.

Duas alternativas foram criadas então aos condomínios. A primeira, a possibilidade de ser realizada a assembleia de forma virtual e a segunda o adiamento desta assembleia para novembro de 2020.

Com a prorrogação, os mandatos de síndico passam a ser válidos até o final de outubro deste ano. Este é um alento a muitos condomínios que estavam tendo suas contas bancárias bloqueadas tendo em vista os mandatos de síndico vencidos. Com isso, condomínios que não possuem a possibilidade de realizar a assembleia virtual, garantem o direito de poder continuar movimentando suas contas de forma legal.

A questão que vai criar polêmica nos condomínios diz respeito ao art. 4º da lei que foi vetado pelo Presidente Bolsonaro. Este artigo previa que o síndico poderia proibir o uso das áreas de lazer do condomínio. Com o veto, o síndico somente poderá bloquear o uso das áreas de lazer, como salões de festa por exemplo, com uma decisão de assembleia. Em Caxias do Sul, o síndico encontra amparo legal para o bloqueio dessas áreas, conforme o art. 12, I do decreto Municipal 20.820/2. Nossa sugestão é que nos demais municípios que não possuírem esta previsão, este item seja deliberado em assembleia virtual caso seu condomínio deseje realizar o bloqueio destas áreas, evitando assim dúvidas e transtornos.

Quanto as assembleias para prestação de contas e eleição de síndico, nossa recomendação é de que estas assembleias não sejam adiadas. No final do ano poderá haver um grande acúmulo de demanda por assembleias, e isso poderá criar transtornos, como por exemplo contas bancárias sendo bloqueadas por falta das atas.

A Palazzo Condomínios disponibiliza duas formas de realização de assembleia virtual, com validade jurídica, e que está a disposição dos clientes de forma gratuita. Entre em contato com nossa equipe e lhe indicaremos o formato ideal para o seu condomínio.

Caso não seja cliente Palazzo, podemos lhe assessorar na realização da assembleia virtual. Entre em contato que teremos prazer em lhe assessorar, principalmente neste momento tão difícil que todos estamos enfrentando.

Forte abraço pessoal.

Todos estamos tendo que adaptar nossas rotinas em função da imposição de restrições que o Covid-19 tem nos imposto. Para os condomínios não tem sido diferente. Um dos principais reflexos são a impossibilidade de realizar assembleias, em virtude da aglomeração de pessoas no mesmo ambiente.

Atendo a esta condição, a Palazzo Condomínios tem disponibilizado aos seus clientes a Assembleia Virtual. São duas modalidades de assembleia, onde é possível que todos possam participar, e com procedimentos que garantem a validade jurídica das deliberações realizadas.

Havendo a necessidade, entre em contato com sua gestora que ela poderá lhe auxiliar na escolha da melhor modalidade. Caso não seja cliente, entre em contato e saiba mais.

Férias. Época que muitos aproveitam para viajar e descansar. No post anterior, comentamos os cuidados que o condômino precisa ter ao se ausentar do condomínio no seu período de férias. Mas quando o síndico é que irá ausentar-se? Como fica o condomínio? Que cuidados o síndico precisa ter para poder curtir suas férias com tranquilidade. São estas as perguntas que procuraremos responder neste post. Na grande maioria dos casos, é o subsíndico que fica responsável quando da ausência do síndico. Para se ter certeza de como proceder, é importante consultar a convenção do condomínio e verificar o que ela prevê.

blank

E quais os cuidados a serem observados pelo síndico? Numeramos abaixo os principais itens que o síndico deverá observar quando for ausentar-se por um período mais longo, como férias, por exemplo:

1) Avisar a administradora – Com antecedência, comunique a administradora o período em que você, síndico, irá ausentar-se. Assim, a administradora poderá lhe auxiliar na organização dos itens necessários durante a sua ausência. Lembre: ela é uma grande aliada sua;

2) Avisar subsíndicos e conselho – Após informar a administradora, reúna-se com o restante do grupo gestor e comunique o período em que você irá se ausentar do condomínio e delegue funções aos membros, de modo a facilitar possíveis resoluções de problemas que venham a ocorrer durante sua ausência;

3) Avise a portaria e zelador – Comunique ao zelador e a portaria quanto a sua ausência, informando a eles quais as pessoas ficaram responsáveis por quais assuntos. Assim, ocorrendo algum problema, o zelador ou porteiro saberá quem procurar;

4) Assim como um morador, as dicas apresentadas no post anterior também servem ao síndico. Clique aqui e verifique os cuidados que o morador deve ter ao ausentar-se do condomínio por um longo período.

A atividade de síndico exige muito de quem a exerce. Nada mais merecido do que um período de férias sem interrupções e chamados para resolver problemas do condomínio. Com estas dicas simples, o síndico poderá ausentar-se do condomínio e curtir as suas tão merecidas férias, tendo a certeza de que quando retornar, não terá grandes problemas lhe esperando.

Finalmente é chegada a época de férias. Geralmente passamos muito tempo programando como será nossa viagem, reservas em hotel, passagens, lugares a visitar, mas não nos preocupamos como deixaremos nossa casa em segurança durante nossa ausência.

blank

Ao nos ausentarmos por um período longo do nosso condomínio, é importante observar algumas regras de segurança, que garantirão que no nosso retorno, não tenhamos surpresas desagradáveis.

1. Sempre tranque a porta do apartamento. Muitas pessoas possuem o costume de não trancar a porta do apartamento, deixando-o mais vulnerável;

2. Nunca deixe sua chave na portaria. Em caso de assalto ao condomínio, o primeiro lugar aonde irão procurar chaves será na portaria.;

3. Comentar com os demais vizinhos que você estará ausente por um período longo, também não é recomendável. Esta informação pode acabar sendo divulgada a pessoas que podem aproveitar a oportunidade para praticar assaltos. Avise apenas o síndico para que se houver alguma movimentação estranha em sua unidade, ele possa identificar facilmente de que há algum problema;

4. Ao sair, procure fechar registros de água e gás. Assim você poderá viajar tranquilo sem ter que receber uma ligação no meio de suas férias informando que seu apartamento teve de ser arrombado para corrigir um vazamento que estava atingindo outras unidades;

5. Se algum parente vier visitar seu imóvel alguns dias para regar plantas ou cuidar do animal de estimação, deixe previamente autorizado na portaria a sua entrada.

Com estes pequenos cuidados, suas férias com certeza serão mais tranquilas e seu retorno para casa muito mais agradável. Melhor do que viajar, é retornar ao conforto do nosso lar e encontrá-lo nos esperando da forma que o deixamos.

blank

PPCI, esta sigla tem tirado o sono de muito síndico. Isso porque em 2014 foi promulgado o Decreto 51.803/2014, definindo o prazo final para que todos os empreendimentos encaminhassem de forma espontânea seus PPCI’s. Desta forma, todos os condomínios possuem até o dia 27/12/2019 para ter o seu PPCI protocolado junto ao Corpo de Bombeiros. Aqueles que não o fizerem estarão sujeitos e pesadas multas pelo descumprimento da medida, conforme art. 34 daquele decreto.

Mas, você sabe o que é o PPCI? PPCI significa Projeto Prevenção Contra Incêndio. Trata-se do processo de adequação do prédio para obtenção do Alvará de Prevenção Contra Incêndio. Depois o ocorrido na Boate Kiss, várias mudanças foram realizadas na legislação com o objetivo de evitar que aquele evento torne a ocorrer. Assim, é responsabilidade do síndico, no caso dos condomínios, em buscar a obtenção do alvará, sob pena de responder civilmente e criminalmente em caso de incêndio.

Orientamos a todos os síndicos que ainda não iniciaram o seu processo de obtenção do alvará, para que iniciem o mais breve possível. Dependendo do empreendimento, as exigências podem ser maiores e a obtenção do alvará mais demorada, tendo em vista o volume de investimento em adequações necessárias. Não deixe para a última hora, pois os profissionais tendem a estar com uma maior demanda concentrada, o que acarretará aumento de custos e atrasos.

Caso seu condomínio já possua o alvará, verifique seu prazo de validade, pois o pedido de renovação deve ser realizado com 60 dias de antecedência ao vencimento.

blank

Você sabia que é possível realizar o pagamento do seu condomínio com débito automático diretamente no seu cartão de crédito? Sim!!!!! Agora, ao pagar o seu condomínio, você poderá aproveitar os pontos e benefícios oferecidos pelo seu cartão de crédito.

Acordos de inadimplemento também podem ser feitos diretamente no cartão. O acordo não compromete seu limite, pois as parcelas são lançadas mensalmente.

Esta é mais uma vantagem que a Palazzo Condomínios oferece aos seus clientes.

Entre em contato com sua gestora e peça mais informações.

Esta modalidade está disponível apenas para condomínios que possuem o valor da cota condominial fixa ou para acordos.

Aproveite mais esta facilidade.